Você está aqui

Premissas para Admissão

Existem diferentes formas de participar da Ordem Sagrada do Templo e do Graal, cada qual com caminhos, direitos e deveres específicos.

A forma ideal é através de um corpo templário local, todavia, inicialmente, também é possível participar durante algum tempo à distância. A filiação num corpo templário local permite a participação efetiva nas atividades litúrgicas sagradas e nas beneficentes de interesse e o desenvolvimento pessoal através de estudos e práticas místico-espiritualistas mais profundas que as oferecidas à distância.

A admissão à Ordem é um passo de grande importância na vida de qualquer peregrino-buscador sincero. Portanto, ela deve ser solicitada sem que seja por mera curiosidade, mas sim, com o sincero desejo de ter acesso a conhecimentos maiores a fim de compreendê-los e aplicá-los amplamente no serviço à Divindade, portanto, pelo serviço a um bem maior.

Espera-se que, após ter tomado contato com a Ordem através desta leitura, possa sentir profundamente o chamado interior para solicitar admissão. Antes, porém, é necessário abordar alguns aspectos importantes a fim de que se possa ter plena consciência do que é a Ordem e o que ela pode oferecer.

A Ordem Sagrada do Templo e do Graal aceita em suas fileiras homens e mulheres em igualdade de condições, independente de posição social ou grau de instrução, desde que tenha uma linha de pensamento compatível com os Ideais templários, mente aberta a novos conceitos, gosto pela leitura e pelos estudos e determinação para vencer as adversidades. Deve-se considerar também que o processo templário de auto-aprimoramento leva em conta o mérito e o esforço pessoal.

Uma questão que surge na mente dos peregrinos é o fato da Ordem aceitar em suas fileiras tanto homens quanto mulheres, quando na Idade Média, geralmente se acredita que a Ordem aceitava apenas homens. É importante notar que a sociedade civilizada evoluiu desde a Idade Média e hoje a mulher tem seu justo espaço na sociedade, o que não pode ser diferente em organizações como a O.S.T.G., que procura estar sempre à frente de seu tempo, algo, aliás, que a Ordem do Templo sempre esteve, pois já no século XIV há registros de mulheres templárias, contrariando todos os padrões da época.

Todo interessado em participar da Ordem deve:

  • Crer na existência de um Ser Supremo ou Divindade, criadora de tudo e infinita em Amor Universal - este é um requisito mandatório;
  • Ter interesse sincero pelo conhecimento de diversos campos tradicionais e o desejo de tornar-se um buscador incessante na conciliação de todo o conhecimento e de todas as filosofias, através de leitura, estudo e prática;
  • Comprometer-se a velar pela natureza como um todo e pelo bem de todos os seres sensientes, igualmente partes da Criação divina;
  • Ter maioridade legal (18 anos ou emancipado) - é possível a candidatura de menores apenas nos organismos locais como Escudeiros, Valetes ou Pajens;
  • Compromenter-se a cumprir as leis oficialmente estabelecidas pelos poderes regularmente constituídos, sem estar condenado criminalmente, nem jamais ter sido condenado por traição à pátria ou por quaisquer crimes mais graves que tenham levado à privação de liberdade;
  • Ter condições de manter as contribuições financeiras para com a Ordem e estar disposto a estudar e praticar os ensinamentos com dedicação e persistência, comprometendo-se a reservar um período regular para este objetivo;
  • Comprometer-se a respeitar os regulamentos da Ordem, que estão sempre em perfeita harmonia com a legislação oficial vigente em todos os países onde a O.S.T.G. atua;
  • Estar consciente e de acordo que todo o material de ensino que for enviado em meio impresso ou disponibilizado virtualmente, é e sempre será de propriedade da O.S.T.G., não podendo ser divulgado ou copiado de qualquer maneira e devendo ser devolvido ou destruido a qualquer momento em que for solicitado ou em caso de longa inatividade ou desligamento;
  • Ter o aval favorável da Ordem para seu ingresso.

Se perceber que a O.S.T.G. atende a seus anseios e que realmente deseja dela participar, basta seguir o procedimento de solicitação de admissão a fim de declarar sua vontade e submeter-se ao processo de avaliação.