Você está aqui

Relato de Viagem: Puy-en-Velay

Foto de raven022
Enviado por raven022 em qui, 2001-11-08 23:00

Em setembro deste ano, o Mestre Pontifical do Templo e eu, fomos mais uma vez à cidade de Puy-en-Velay, França, local onde ele recebeu, da Hierarquia Interna da Milícia do Templo, a missão de iniciar um novo ciclo da Ordem.

Foi com grande emoção que entramos nessa cidade situada na região do Auvergne. A primeira visão do lugar é de impressionante beleza. Duas montanhas emergem da planície vulcânica contra um céu de intenso azul. Nos contra-fortes de uma delas, foi construída nos séculos XI e XII a Catedral de Nossa Senhora, em honra à Virgem Negra. Das origens até nossos dias, a peregrinação é bastante intensa. Pessoas do mundo inteiro vão prestar homenagens à Grande Mãe. É de lá também que sai um dos caminhos para São Tiago de Compostela. No alto do rochedo, com toda a energia do Elemento Terra e do Elemento Água, uma imagem de Nossa Senhora vela pela cidade e pelo mundo.

A outra montanha é de rocha pura que veio do Elemento Fogo e agora reina no Elemento Ar. Nesse local, foi construída no século IX a capela de São Miguel, o Guardião da Espada, Espada esta que está sempre pronta a defender a Virgem Negra, a Grande Mãe.

Realmente o simbolismo é fantástico, levando todos a uma reflexão sobre a presença marcante dos quatro Elementos em todas as obras da Divindade e rumo à Divindade.

Puy-en-Velay é uma localidade sagrada desde o início dos tempos. Todas as raças que ali habitaram a consideravam como tal. Não tem como passar desapercebida a energia reinante. Para nós templários, ela tem um significado bastante profundo: foi de lá que surgiu a O.S.T.G., liderando mais uma vez a Egrégora do Templo rumo a um mundo melhor.

 

Da. Raven DE LIÈVRE ET ROCHEFORT, i.p.s.
Marechal Pontifical do Templo